Missão Belém volta a ser destaque em sessão da Câmara

Além da instituição, vereadores falaram sobre Plano Diretor.

19 indicações foram apresentadas pelos vereadores jarinuenses durante a sessão da Câmara, realizada na terça-feira, dia 16. Além das indicações, os vereadores encaminharam quatro ofícios a diversos órgão solicitando informações ou pedidos específicos. (confira toda a íntegra da pauta da sessão no http://consulta.siscam.com.br/camarajarinu/Sessoes/Sessao/302)

Em seus primeiros pronunciamentos, ao final da primeira parte da sessão, o primeiro vereador a tomar a palavra foi Chikinho Lava Kar – PPS, que falou sobre suas três indicações da noite e parabenizou os enfermeiros do município pelo desempenho de seus trabalhos.

Em seguida o vereador João Lorencini – PROS, que também apresentou três indicações, justificou cada uma delas.

Everton Lorencini – PcdoB, Falou sobre as indicações e sobre o ofício, encaminhado à Missão Belém, que culminou com a visita de um grupo de vereadores à instituição na segunda-feira, dia 15. (leia a reportagem no http://camarajarinu.sp.gov.br/Noticia/Visualizar/491).  Everton também do ofício encaminhado à concessionária CCR, para que esta doe ao município fresa asfáltica para ser utilizada na conservação das estradas municipais.

A vereadora Simone Gerez – PTB, aparteou o colega lembrando que a concessionária Rota das Bandeira já vem colaborando com a doação do material.

Retomando a palavra, Everton Lorencini encerrou justificando outros de seus pedidos.

Já na segunda parte da reunião, a Ordem do Dia, os vereadores discutiram e votaram um Projeto de Lei, encaminhado pelo Executivo, propondo mudanças de destinação a uma área no bairro Rio Abaixo. O projeto pretende que a região ocupada por uma empresa instalada instalada no município desde o início dos anos 2000 deixe de ser tratada como rural e passe a ser área de expansão urbana.

Durante as discussões, o vereador Rodrigo Batistel – DEM, autor da única emenda proposta, que estipula limites mínimos de desmembramentos para a área, justificou sua proposta.

O projeto, assim como a emenda foram aprovados por unanimidade dos votos.

Durante as explicações pessoais dos vereadores, o primeiro a falar foi João Lorencini que voltou à tribuna para fazer agradecimentos e parabenizar o trabalho desenvolvido por funcionários públicos, destacando os servidores da Unidade de Saúde do bairro de Campo Largo.

Também falou sobre a visita dos vereadores à Missão Belém e contou que saiu satisfeito do encontro. João destacou que a preocupação dos vereadores é com a segurança do município e que, apesar do bom trabalho realizado no local, é necessário uma maior fiscalização dos atendidos.

Edison Bêgo – DEM, comentou a lei aprovada e aproveitou para pedir cuidados com a estrada que liga o local o que favorecerá moradores, funcionários e o escoamento da produção da empresa.

Bêgo também falou sobre seu pedido, encaminhado à prefeita, para que esta encaminhe à Câmara um Projeto de Lei revogando uma lei 2009/15 (https://leismunicipais.com.br/a2/sp/j/jarinu/lei-ordinaria/2015/201/2009/lei-ordinaria-n-2009-2015-define-o-macrozoneamento-do-municipio-de-jarinu-e-da-outras-providencias?q=2009) que, em resumo, permite que a Prefeitura cobre IPTU de algumas propriedades rurais que estejam às margens de estradas. O vereador explica que tal lei foi aprovada na gestão passada tendo apenas o seu e os votos dos vereadores Roberto Antonucci e Valdir de Paiva (os três também vereadores na legislatura anterior a esta) contrários à proposta que virou lei.

Everton Lorencini também falou sobre a visita dos vereadores à Missão Belém. Explicou que os vereadores estão cumprindo sua função de fiscalizar e buscar soluções para os anseios da sociedade e das limitações que encontram. Também elogiou as instalações da instituição e do compromisso, dos dirigentes, em reforçar a fiscalização dos abrigados quando fora de suas dependências. O vereador também comemorou o projeto da Missão em buscar recursos para instalar, dentro de seu terreno, um ambulatório médico para atender os abrigados,

Em seguida Rodrigo Batistel também apoiou o pedido de revogação da lei 2009/15 destacando, porém, que o mais importante seria a revisão do Plano Diretor que contribuiria para encontrar soluções de vários problemas, como crescimento, regularização de loteamentos e segurança, entre outros.

Com relação à Missão Belém, Batistel também destacou a preocupação dos vereadores e da população, principalmente em relação à Segurança, como principal motivo das demandas em relação à instituição. Falou que recebeu a informação que a Missão Belém colocaria duas pessoas para circular pela cidade e interceder junto a seus acolhidos que perambularem pelas ruas e terminou contabilizando que, hoje, a instituição abriga 1.000 pessoas constituindo, assim, 4% da população jarinuense.

O vereador João Lorencini aparteia e lembra que a Missão Belém está na cidade desde 2005 e que até pouco tempo os internos não passavam de 100 ou 150 pessoas e que este número cresceu muito nos últimos anos.

Finalizando sua fala, Rodrigo Batistel se mostrou preocupado com a declaração do prefeito da capital, João Dória – PSDB, que prometeu acabar com a chamada “cracolândia” principal fonte de acolhidos pelas casas da Missão Belém em Jarinu.

A vereadora Simone Gerez – PTB, iniciou sua fala também parabenizando os funcionários públicos pelo trabalho que vêm desempenhando no município. A vereadora homenageou os profissionais de enfermagem, pelo desempenho e empreendimento junto a Saúde jarinuense.

Sobre a visita à Missão Belém, Simone Gerez comentou postagens nas redes sociais e ressaltou o trabalho dos vereadores, ainda que limitados por vários dispositivos legais, no sentido de sanar os problemas que preocupam a população.

Clóvis Calixto – PR, Voltou a pedir soluções para os problemas com a iluminação pública e falou de sua visita, junto aos vereadores Eduardo Matias – PTB, e Everton Lorencini, à Unidade de Saúde para averiguar o funcionamento e verificar possíveis demandas por parte dos usuários.

Também mostrou sua preocupação em relação às questões de segurança envolvendo atendidos pela Missão Belém e destacou a boa recepção que os vereadores tiveram na sede da instituição na cidade.

O vereador Roberto Antonucci – PEN, presidente da Câmara, também defendeu a proposta de se revogar a lei que cobra IPTU de propriedades rurais e de uma revisão no Plano Diretor do município.

Antonucci falou sobre suas indicações e parabenizou todos os envolvidos pelos primeiros resultados nas mudanças no município, que como destacou, vem crescendo e melhorando apesar da crise que se está vivendo.

O presidente concedeu aparte ao vereador Rodrigo Batistel que informou estar se afastando, durante o mês de junho para representar a cidade em uma competição de bicicross, esporte que pratica. Batistel explica que a decisão de se afastar se dá ao fato de que não estará presente no município e, portanto, acreditar ser injusto receber seus subsídios neste período.

O presidente Roberto Antonucci parabeniza o colega pela atitude e anunciou que durante a licença, não remunerada, do vereador, assumirá a suplente Tânia Abrantes – DEM, que estava presente na sessão.

Roberto encerrou o encontro anunciando uma audiência pública, para discutir resultados fiscais do município, que acontecerá no dia 29 de maio.


Publicado em: 18 de maio de 2017

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Compartilhe

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter