Vereadores aprovam três Projetos durante sessão

Além dos projetos, os vereadores votaram uma Moção de Aplausos e encaminharam 12 indicações, pelas quais os vereadores solicitam melhorias e manutenção em diversos setores do município.

A 17ª sessão ordinária da Câmara de Jarinu, ocorrida na noite da terça-feira, dia 07, se iniciou com a homenagem póstuma, requerida pelo presidente da Casa, vereador Roberto Antonucci (Patriotas), em memória do ex-vereador Aparecido Lopes de Camargo (Legislatura 1973/1977), falecido em 23 de outubro.

Durante o encontro foram apresentadas 12 indicações, pelas quais os vereadores solicitam melhorias e manutenção em diversos setores do município.

Também foram  votados, e aprovados, os Projetos de Lei do Executivo da Lei Orçamentária e denominando próprios públicos. A Lei Orçamentária recebeu duas emendas. De autoria do vereador Rodrigo Batistel (DEM) determinando correção nos valores destinados ao apoio ao desenvolvimento do Ciclismo e, de autoria do vereador Roberto Antonucci, referente aos valores destinados à Banda Filarmônica 17 de Abril.

Também por unanimidade foram aprovados os Projetos de Lei que denominam os Núcleos de Educação Infantil  "Professora Vania Maria Oliva dos Santos", no Bairro Maracanã e "Professora Rosmari Isabel de Amorim Gonçalves", no Nova Trieste, Jarinu/SP.

Os vereadores também votaram, e aprovaram, a Moção de Apoio, proposta pelos vereadores Everton Lorencini, Eduardo Matias (PTB) e Clóvis Calisto (PR), ao Projeto de Lei Federal proposto pelo deputado Marco Feliciano (PSC/SP) que  Modifica o artigo 74 da Lei nº 8.069/90 e pretende obrigar as exibições e apresentações ao vivo a indicarem classificação indicativa adequada para crianças e adolescentes e proíbe a profanação de símbolos sagrados.

Durante as explicações pessoais o presidente da Câmara lembrou da situação financeira pela qual “quase todos os municípios do país passam” e destacou que o Legislativo jarinuense vem fazendo sua parte no que se refere a economia de recursos públicos.

Roberto Antonucci destacou que a Câmara deverá devolver à Prefeitura, no final deste ano, “perto de R$ 700 mil, fruto desta economia que, no entanto, não impediu que investíssemos em equipamentos e manutenção, garantindo o bom funcionamento de nossa Câmara, bem como o conforto para os servidores e população que utilizam de nossas dependências”.

Antonucci citou, mais uma vez, o sistema de transmissão das sessões que “antes era realizado por uma empresa que cobrava pouco mais de R$ 3.000,00 por mês. Nós adquirimos novos equipamentos e hoje, com um investimento de cerca de R$ 7 mil, temos nosso próprio sistema, operado por funcionários da Casa, sem mais nenhum custo para a Câmara”.

Roberto Antonucci também lembrou que os vereadores não podem indicar onde o montante da devolução seja gasto pelo Executivo, mas afirmou acreditar “que nossa prefeita irá aplicar bem e da melhor maneira o dinheiro e, nós vereadores, poderemos sugerir áreas em que estes recursos possam ser destinados”, finalizou.

A sessão completa, bem como as falas individualizadas dos vereadores podem ser conferidas no canal da Câmara no YouTube, no endereço: www.goo.gl/FRhKwx


Publicado em: 10 de novembro de 2017

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Compartilhe

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter