Moradores apresentam reivindicações a vereadores

Munícipes se reuniram com o presidente da Casa, vereador Everton Lorencini, para discutirem problemas comuns e particulares por que passam

Na segunda-feira, dia 20, um grupo de munícipes esteve presente à Câmara Municipal de Jarinu para uma reunião com o presidente da Casa, vereador Everton Lorencini. O grupo agendou o encontro para expor problemas comuns e particulares por que passam.

O presidente recebeu o grupo de moradores e pediu para que cada apresentasse suas reivindicação, ou apontasse o problema pelos quais estariam passando, “uma vez que foi combinado que nos fosse entregue, antes da reunião, uma lista com os apontamentos, para que hoje, aqui no encontro, já tivéssemos respostas”, contou Everton Lorencini, informando que a lista não foi entregue, “então, teremos que, a partir de agora, procurar as informações solicitadas e a resolução dos problemas”, afirmou.

Também participaram da reunião os vereadores João Lorencini e Roberto Antonucci, que acompanharam a exposição do grupo. A lista de reivindicações envolve, principalmente, questões relativas a Educação e a Saúde, merenda, extintores e problemas com vigilância nas unidades.

Em relação a estes assuntos, os vereadores prometeram fazer um levantamento e buscar informações que comprovem irregularidades, assim como buscar as soluções. Algumas das citações já haviam sido alvo de fiscalização dos vereadores, como o setor de Merenda, “o qual constantemente acompanhamos e verificamos a qualidade oferecida aos alunos”, afirmou Everton Lorencini.

Em relação aos extintores que, de acordo com o grupo, estariam vencidos, foi informado que recentemente houve uma licitação para recarga e substituição dos mesmos em toda a estrutura pública do município e que o contrato já foi assinado com a empresa vencedora, “sendo uma questão de tempo para que a situação se regularize onde havia algum tipo de problema.

O vereador João Lorencini lembrou que muitas das reivindicações podem estar relacionadas a programas de outras esferas governamentais (Estadual e Federal) e que dependem de programas específicos, como o fornecimento de alimentos pela Agricultura Familiar, que depende de convênios com órgãos federais tanto da educação como a Casa Civil, que destinam credenciamentos e recursos.

Falta de médicos especialistas e medicamentos foram, também, destaques apresentados durante a reunião. Os vereadores afirmaram que são questões que estão na pauta das preocupações da Câmara e que, assim como na Educação, algumas situações dependem de outras esferas de administração, “mas estamos acompanhando e buscando soluções”.

Alguns problemas individuais, apresentados na reunião, relacionados ao atendimento de saúde foram anotados para buscar informações de encaminhamento.

Os vereadores pediram, mais uma vez, que os presentes enviassem as reclamações e, no caso de irregularidades, apresentassem uma denúncia formal, para que as respostas possam ser buscadas e apresentas de maneira rápida e eficaz.

“A Câmara está aberta aos munícipes. Seus problemas e suas reivindicações, sempre irão encontrar abrigo nesta Casa. Sem bravatas e sem falsas promessas e esperanças, mas a busca de soluções, a busca de respostas”, afirmou o presidente Everton Lorencini.

“É muito importante que o munícipe participe da vida pública da cidade, que cobre, que entenda o funcionamento, que saiba como funciona a máquina”, disse João Lorencini, convidando a população para participar mais ativamente e comparecer às sessões.

Everton Lorencini destacou, ainda, que “existe uma interpretação errada da função de vereador. Nós podemos indicar construções, implantações, contratações, mas não tem como obrigar o Executivo a gastar o dinheiro onde queremos. Podemos, e devemos, fiscalizar de maneira correta, séria... Por isso, precisamos de informações. Tanto as informações vindas da população, nos trazendo seus problemas, quanto das informações técnicas que vamos buscar. Novamente afirmo que está Câmara sempre estará de portas abertas para atender, ouvir e buscar soluções para os problemas da população”.


Publicado por: Imprensa CMJ - FPN

Publicado em: 24 de agosto de 2018

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Compartilhe

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter